Veja nossas dicas para fazer a simulação do valor total da compra internacional!

exportação

Veja nossas dicas para fazer a simulação do valor total da compra internacional!

Não há como negar que a internet veio fechar o século com chave de ouro, não é mesmo? Ela abriu as portas do mundo, quebrou as fronteiras antes existentes e trouxe facilidades nunca vistas antes.

Com isso, os setores de importação e exportação ganharam grandes destaques no país.

A procura por produtos importados cresceu e a variedade deles também. Assim fica difícil escolher entre tantas maravilhas e cada uma provém de uma necessidade em especial.

No entanto, é importante não cair nas pegadinhas do bom preço. É imprescindível que antes de comprar você esteja ciente dos valores a serem pagos e assim evitar transtornos e aborrecimentos.

Pensando nisso, algumas dicas abaixo podem te auxiliar na hora de fazer a simulação do valor total da sua compra internacional para que então desfrute do prazer da compra, deixando suas preocupações apenas para o recebimento do produto e como irá desfrutar dele.

Fique atento! Papel, lápis, borracha e calculadora nas mãos.

Comprando produtos importados

A busca por produtos importados na internet está cada dia mais comum, devido principalmente a variedade e o bom preço, além de trazer novidades que ainda nem “viraram” moda aqui no país.

Antes de fechar a compra, algumas coisas devem ser levadas em consideração sendo a mais importante:

  • Saber o quanto terá que pagar pelo produto.

Esse é o primeiro passo da simulação. Com base no produto que se deseja comprar, é importante saber o imposto incidente sobre ele.

Passo 01: Conheça a taxa de importação

Muitos acreditam que mercadorias abaixo de 500 dólares não possuem taxação. Na realidade isso é até verdade, desde que a compra seja efetuada por pessoa física e a venda também.

Na maioria dos sites as vendas são emitidas por lojas, logo segue junto com configuração jurídica, não cabendo a este tipo de desconto na taxa. Neste caso, os produtos somente podem ser retirados, mediante o pagamento de 60% do valor da fatura. Essa regra vale para produtos até 500 dólares.

Passo 02: Não se esqueça de incluir o ICMS

Com exceção da importação de livros e periódicos, qualquer transação internacional e nacional estão submetidas às cobranças de ICMS para a emissão da nota fiscal de compra.

Passo 03: Fique atento ao frete

A grande maioria das lojas internacionais oferecem frete grátis, no entanto, a demora na entrega se torna ainda mais desesperadora, geralmente acima de 2 meses.

Com isso, as mesmas também oferecem fretes personalizados para antecipação da entrega. Este por sua vez, deve ser solicitado uma simulação antes do fechamento da compra para evitar sustos.

No Brasil, geralmente as taxas dos correios para montantes inferior à 3 mil dólares – gira em torno de $12. Para produtos com valor superior, esta taxa dos correios pode ficar mais de 12 vezes mais cara.

Estando ciente do valor a pagar com o frete, poderá analisar o custo benefício do mesmo e estudar o melhor meio de adquirir o seu produto.

Passo 03: Atenção à cotação da moeda

Algumas lojas internacionais não possuem plataforma brasileira e os produtos são disponibilizados no valor da moeda que a loja está localizada. Com isso há necessidade de conversão do valor vendido no site para a moeda nacional, no caso do Brasil, o real.

Para ter ciência do valor a ser pago, analise a cotação da moeda e saberá o quanto irá pagar por ela.

Passo 04: De olho no IOF do cartão de crédito

Em caso de transação feita pelo cartão de crédito, ainda é necessário incluir a taxa de IOF (Impostos sobre Operações Financeiras) cuja alíquota deve ser observada pois é o valor que será cobrado por este serviço na próxima fatura.

Agora que você já conhece todos os passos para calcular a simulação da sua compra de produtos importados, é chegada a hora de decidir o que fazer e comemorar a sua tão esperada compra!

Que tal comprar agora hein?

Até a próxima!

Nenhum comentário

Postar um comentário